Acusado de matar a ex-namorada por ciúmes vai a júri popular em Goiânia ~ Rádio Jaboticabal

Sintonia de Sucesso - Hidrolândia GO

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Acusado de matar a ex-namorada por ciúmes vai a júri popular em Goiânia

Um homem acusado de matar a ex-namorada a facadas vai a júri popular em Goiânia. Segundo a acusação, Adriano Pantoja do Rosário, de 35 anos, desferiu golpes no pescoço de Luciene Ribeiro Vieira motivado por ciúmes. A sessão está marcada para começar às 8h30 de quinta-feira (3), no 1º Tribunal do Júri, e será presidida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara.


O assassinato ocorreu no dia 28 de março de 2015, no Setor Parque Santa Rita. De acordo com as investigações, o casal ficou junto por três anos, mas estava separado a cerca de dois meses porque Adriano era considerado agressivo e ciumento.
No entanto, o homem não aceitava o término. A vítima chegou a se mudar sem avisar o novo endereço, mas o ex descobriu a localização da residência e passou a vigiá-la, bem como fazer ameaças de morte por meio de ligações telefônicas.

Neste contexto, Adriano notou uma vez em que a mulher chegou em casa em uma moto acompanhada de outro homem. O réu então aguardou que ele fosse embora e foi tirar satisfações com a ex. Eles discutiram e a mulher foi atingida por várias facadas no pescoço, morrendo no local.
O homem fugiu em seguida, mas foi preso em julho de 2015, na casa da mãe, em Castanhal (PA) por conta de um mandado de prisão. Atualmente, ele aguarda julgamento na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.
O Ministério Público (MP) pede a condenação por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Se condenado, por pegar de 12 a 30 anos de pena.

Compartilhe:

Comente com o Facebook:

Coluna/Blog

radiosaovivo.net/

UPAH

Pedido de ajuda - UPAH

20/07/2017 | 21:40h Esta cadela se encontra na imediações da funerária já há alguns dias. Está com uma perna machucada, más tem colei...

Anuncio

Curta nossa página