Reeleito em Hidrolândia, Paulinho ressalta vitória sobre grandes partidos de Goiás - Rádio Jaboticabal

Sintonia de Sucesso - Hidrolândia GO

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Reeleito em Hidrolândia, Paulinho ressalta vitória sobre grandes partidos de Goiás

O prefeito de Hidrolândia, Paulinho (DEM), foi reeleito com 67,99% dos votos. Em entrevista à Rádio 730 na manhã desta sexta-feira (11), ele destacou que venceu o pleito mesmo sem o apoio dos grandes partidos do Estado.
"Eu contei com o apoio de Deus e do povo hidrolandense," destaca o prefeito reeleito.
De acordo com Paulinho, o PMDB de Aparecida, juntamente com políticos de outros partidos, estavam de olho em Hidrolândia por ser um município em pleno desenvolvimento.
Campanha
Paulinho criticou o adversário, Bruno do Posto (PSB), pelos ataques feitos durante a disputa. Segundo ele, o eleitor já deixou claro que não aceita este tipo de postura por parte dos candidatos.
Paulinho comemora também a eleição da Câmara. Ele afirma que tem o apoio de 9 dos 11 vereadores eleitos.
O prefeito reeleito afirma que gastou entre R$ 220 e R$ 230 mil na campanha. Paulinho diz que a maior parte dos recursos é oriunda de doações dele e do vice Casimiro Neto.
Mudança
Existe uma grande possibilidade de Paulinho trocar o DEM pelo PSDB depois que tomar posse para o segundo mandato. "Eu não posso ficar com os pés em duas canoas. Eu vou tomar uma decisão sobre meu futuro," disse.
Pacto federativo
No discurso de posse, o presidente Michel Temer afirmou que discutiria a divisão dos impostos recebidos. Mas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ao Jornal O Popular, que o governo Temer não deve debater o assunto, e ainda prevê que isso só deve acontecer dentro de 5 ou 6 anos.
O prefeito Paulinho critica a postura do governo federal. "Muito triste o que a gente tem visto acontecer no governo federal. É muito fácil ficar lá em cima, dentro dos ministério, onde os próprios prefeitos não tem acesso. É preciso marcar hora e estar acompanhando de um deputado ou senador para falar com eles. Eles são tido como intocáveis. Eles não sabem a realidade do povo que vivem nas cidades e precisa de saúde, educação e transportes. Os municípios estão pagando um preço muito alto. A maioria das prefeituras estão endividadas," diz.
Fonte: Portal 730

Compartilhe:

Comente com o Facebook:

Coluna/Blog

radiosaovivo.net/

UPAH

UPAH | Cadela desaparecida

Por UPAH - 04/11/2017 | 14:00h Nikita desapareceu ontem de sua residência na Rua da Paca. Foi vista pela última vez pelas proximidades d...

Anuncio

Curta nossa página