Hidrolândia faz campanha para Cadastramento de Doadores de Medula Óssea ~ Rádio Jaboticabal

Sintonia de Sucesso - Hidrolândia GO

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Hidrolândia faz campanha para Cadastramento de Doadores de Medula Óssea

Atualizado em: 06/12/2016 às 14:00h

A Secretaria Municipal de Saúde de Hidrolândia, em parceria com o Hemocentro de Goiás, realizará na próxima quarta-feira no município, a campanha para novos cadastramentos de doadores de medula óssea.

A ação tem como objetivo encontrar um doador para a pequena Rafaela, de apenas 9 meses de idade, ela é portadora de Leucemia Mieloide Aguda (LMA). O cadastramento poderá ser feito no caminhão do Hemocentro, que estará na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Hidrolândia, no dia 20/12, das 09h às 16h.

Quem pode doar?

Para participar é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade, pesar no minimo 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Além da campanha no município, o candidato a doador poderá procurar o Hemocentro, que fica na Avenida Anhanguera, nº 5.195, Coimbra, em Goiânia (GO). O Hemocentro fica aberto sempre de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18 horas. Mais informações pelos números (62) 3201- 4570 / (62) 3201- 4585.

Leucemia Mieloide Aguda (LMA)

É um câncer que se inicia na medula óssea e por sua vez, invade o sangue periférico, se espalha para outras partes do corpo, de origem, na maioria das vezes, desconhecida. A LMA se caracteriza pela rápida proliferação de células anormais e malignas (blastos) que não amadurecem, não desempenham sua função e ainda se acumulam na medula óssea, interferindo na produção normal de outras células sanguíneas. 

Os pacientes com leucemia mieloide aguda, muitas vezes, têm vários sintomas gerais não específicos, que podem incluir:

  • Perda de peso.
  • Febre.
  • Sudorese noturna.
  • Fadiga.
  • Perda de apetite.



Estes não são apenas sintomas da leucemia mieloide aguda, e são mais frequentemente causados por outras doenças. Se os sinais e sintomas apresentados sugerirem que o paciente possa ter leucemia mieloide aguda, serão solicitados alguns exames para confirmação e estadiamento da doença.

O principal tipo de tratamento para a leucemia mieloide aguda é a quimioterapia. Outros tipos de tratamentos, como cirurgia e radioterapia são utilizados em circunstâncias especiais.

A maioria dos casos de LMA pode progredir rapidamente, por isso é importante que o tratamento seja iniciado logo após o diagnóstico.


É importante que todas as opções de tratamento sejam discutidas com o médico, bem como seus possíveis efeitos colaterais, para ajudar a tomar a decisão que melhor se adapte às necessidades de cada paciente.

Compartilhe:

Comente com o Facebook:

Coluna/Blog

radiosaovivo.net/

UPAH

Pedido de ajuda - UPAH

20/07/2017 | 21:40h Esta cadela se encontra na imediações da funerária já há alguns dias. Está com uma perna machucada, más tem colei...

Anuncio

Curta nossa página