Após roubo quadrilha é presa com armamento pesado em Caldas Novas - Rádio Jaboticabal

Sintonia de Sucesso - Hidrolândia GO

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Após roubo quadrilha é presa com armamento pesado em Caldas Novas

Quatro pessoas foram presas em flagrante na noite de sábado (7) pela Polícia Militar (PM) do 26° Batalhão de Caldas Novas após um roubo à mão armada a um hotel no munícipio na manhã de sexta-feira (6). Três indivíduos invadiram o local, levando dinheiro e objetos pessoais de funcionários.
De acordo com o Major Fábio Prates, comandante da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Goiânia, os policiais localizaram o veículo utilizado no roubo, que havia sido furtado na noite anterior, chegando à residência em que os suspeitos se escondiam. Foram apreendidos quatro carros, uma pistola Glock de 9mm, dois carregadores com 33 e 19 munições, cerca de dez aparelhos celulares, joias, três televisores e drogas como maconha, cocaína e LSD.

Eder Alves De Souza, de 30 anos, Elen Naiane de Sousa, 27, Gustavo Ribeiro Lemos Vieira,30, e Daniel Martins Vieira Blanco, 28, foram encaminhados à delegacia. De acordo com o Major, dois deles usavam nomes falsos no momento da prisão e todos tinham passagens por roubo, furto, tráfico de drogas e outros crimes.
“[O 26º Batalhão] levantou também a informação sobre um local em Goiânia em que a quadrilha se organizava, como um ponto de apoio, no Parque Amazônia. Então compartilharam essa informação com a inteligência da PM na capital, que encontrou o arsenal”, explicou.
Na residência de Eder Alves, foram localizadas armas de grosso calibre como um fuzil; uma pistola Glock de 9mm, que realiza 20 disparos por segundo; um kit Drum Mag, para 135 disparos por segundo; e um kit RONI - EMA Tactical's Pistol Carbine Conversion, capaz de transformar uma Glock em uma metralhadora. Criado a princípio para recreação, esse conjunto aumenta o poder de fogo do armamento e tem o custo inferior ao fuzil. Foram encontrados ainda dois coletes balísticos.
A polícia acredita que as armas possam ter sido utilizadas em outros crimes em cidades do interior de Goiás, como explosão de caixas eletrônicos. A investigação está sendo efetivada pela Delegacia de Investigação Criminal (DEIC) da Polícia Civil (PC).

Compartilhe:

Comente com o Facebook:

Coluna/Blog

radiosaovivo.net/

UPAH

Pedido de adoção urgente | UPAH

Por UPAH - 14/09/2017 | 21:44h Estes cinco filhotes de gatos foram abandonados, ainda com os olhos fechados. Foram resgatados e estão se...

Anuncio

Curta nossa página