Homem é preso suspeito de matar amigo para não pagar dívida de R$ 15 mil, em Hidrolândia - Rádio Jaboticabal

Sintonia de Sucesso - Hidrolândia GO

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Homem é preso suspeito de matar amigo para não pagar dívida de R$ 15 mil, em Hidrolândia

Com informações do G1 Goiás - 11/12/2017 | 13:34h
Momento em que Rafael Silva indicou local onde enterrou corpo de amigo (Foto: Divulgação/PC)
O chapeiro de pit-dog Rafael Pereira da Silva, de 31 anos, foi preso suspeito de matar o autônomo Welington Ordones de Almeida, de 46 anos, para não pagar uma dívida de R$ 15 mil. Segundo a Polícia Civil, os dois eram amigos e o detido atraiu a vítima até uma chácara em Hidrolândia, prometendo que ia ajudá-la a vender um carro.

"Os dois eram amigos, moravam em Goiânia, e o Rafael devia um dinheiro antigo ao Welington. No dia, ele atraiu o amigo dizendo que ia apresentar um comprador para o carro dele, que estava à venda, mas antes tinham que passar em uma chácara de Hidrolândia. No local, ele atirou duas vezes na cabeça da vítima e o enterrou na propriedade" explicou o delegado responsável pelo caso, Kleyton Manoel Dias.

O crime ocorreu na última terça-feira (5). Para o delegado, não há dúvidas que o crime foi premeditado. "Ele comprou uma arma de chumbinho cerca de 30 dias antes, fez uma modificação para ela disparar munições, foi até a chácara onde o sogro era caseiro, aproveitou que não tinha ninguém, abriu a cova e deixou a arma no mato escondida", explicou o investigador.

Rafael foi preso na quinta-feira (7). Como a família do autônomo registrou o desaparecimento dele, a polícia já estava investigando o caso. "Moradores da região do Goiânia 2, onde ele e a vítima moravam, viram o Rafael andando com o carro do Welington e denunciaram. Ele foi preso com o veículo, carteira, documentos e R$ 4 mil que pertenciam ao amigo", completou o delegado.

Ao ser apresentado, na manhã desta segunda-feira (11), Rafael se limitou a pedir perdão à família da vítima.

O homem foi indiciado por latrocínio, já que ficou com o carro de Welington, e ocultação de cadáver. Agora, ele será transferido para Hidrolândia, local do crime, onde vai aguardar as próximas etapas do processo.
(Foto: Vitor Santana/G1)

Compartilhe:

Comente com o Facebook:

Coluna/Blog

radiosaovivo.net/

UPAH

UPAH | Cadela desaparecida

Por UPAH - 04/11/2017 | 14:00h Nikita desapareceu ontem de sua residência na Rua da Paca. Foi vista pela última vez pelas proximidades d...

Anuncio

Curta nossa página